• Caroline Bonfada

Dicas de como deixar seu projeto de móveis planejados mais barato

Atualizado: 3 de Jul de 2018



Depois da reforma chega a hora dos detalhes finais de acabamentos e ajustes finos com o mobiliário e elementos decorativos que vão deixar cada espaço da casa com a sua cara. É nessa hora que percebemos como um planejamento é importante para provisionar cada etapa da transformação (mas esse planejamento é assunto para um outro post 😉).


O primeiro passo é definir as necessidades a serem atendidas em cada ambiente e isso vai variar muito da dinâmica de cada família/ pessoa. Por exemplo, um casal pode gostar de tv no quarto, outro pode optar por um espaço de leitura... é muito importante você conversar com o parceiro para decidirem os aspectos mais relevantes a serem compreendidos pelo projeto.

Muitas vezes as pessoas partem direto para a mudança da casa sem precisar de grandes reformas e nesses casos um consultor de ambientes ou arquiteto pode dar uma grande ajuda, pois com móveis planejados muitas vezes é possível transformar completamente o layout de um espaço!

Neste momento é hora de fazer o que chamamos de briefing, são informações definidas no briefing que nortearão o desenvolvimento dos projetos a serem desenvolvidos. Feito isso para cada espaço, é hora de procurar uma empresa/ profissional de confiança para elaborar os projetos baseados no gosto, estilo de vida, orçamento e definição das necessidades.

É aqui, na hora de solicitar os orçamentos, que geralmente surgem muitas dúvidas, pois cada local que for consultado para desenvolver uma proposta provavelmente vai sugerir uma solução diferente com as mesmas informações fornecidas. Seguem algumas dúvidas e dicas para que você consiga avaliar se realmente é necessário o investimento que está sendo pedido ou se podemos dar uma "enxugada" em alguns detalhes:

* O BRANCO É SEMPRE MAIS BARATO? Geralmente sim, quando falamos do revestimento melamínico BP, aquele mais comum. Se considerarmos outros acabamentos como pintura em lacca ou outras tonalidades e texturas de branco provavelmente não vai ter muita diferença para outras cores.


* TAMPONAMENTO: Sabe aquela moldura que alguns projetos tem em volta do móvel geralmente de outra cor? Então, essa estrutura geralmente meramente decorativa chamamos de tamponamento. Antigamente era bem comum usá-las bem robustas e espessas, com cores contrastantes. Atualmente isso está um pouco fora de moda, embora algumas pessoas ainda gostem delas marcadas. Eventualmente, dependendo do projeto, esse acabamento é necessário, mas via de regra é um acabamento extra que aumenta o custo do seu projeto e é meramente estético. Vale pensar se vocês prezam tanto por esse detalhe a ponto de pagar mais por isso. Aqui não vou entrar na questão de "gosto", pois a casa precisa ficar com a cara e o jeito de quem vai morar nela e se você aprecia esse detalhe nada mais justo e natural que seu cantinho fique do seu jeito! 😎

*ARMÁRIOS ATÉ O TETO: Quando se pensa em aproveitar espaço na cozinha, logo pensamos em ocupar todo o espaço disponível para armários. Mas é importante avaliar a praticidade e ergonomia durante o uso desses locais mais altos, pois às vezes gastamos mais para ter armários maiores e no fim acabam sub-aproveitados. Uma solução legal, quando possível, é utilizar espaços estreitos mas de fácil acesso para guardar mantimentos que ocupam pouca profundidade e deixar os armários mais profundos para travessas e pratos maiores.

*ACESSÓRIOS: Quando estamos planejando a nossa casa ideal é importante pensar na organização interna dos armários, a preferência de cada um guardar suas coisas. Se nos dormitórios como cada um guarda suas roupas e acessórios e na cozinha, além dos mantimentos e organização, quem vai utilizar a maior parte do tempo. É fácil se deslumbrar com a grande oferta de acessórios, organizadores e divisores que podem vir junto nos projetos. Mas uma dica para não inviabilizar um ambiente inteiro é pensar nesses acessórios para um segundo momento, talvez aquele divisor maravilhoso não seja tão necessário no dia-a-dia ou você pode procurar em lojas especializadas para esse fim opções mais baratas que as exclusivas que são incluídas nos projetos contratados.

De forma geral, é bem importante poder conversar com o profissional que está desenvolvendo seus projetos abertamente sobre a importância das economias possíveis, pois sabemos que nessa hora os orçamentos já estão no limite e ninguém quer ter gastos desnecessários. E para finalizar, outra dica bem importante é você buscar profissionais que consigam se colocar no seu lugar, passar as informações realmente relevantes para que eles possam orientar nessas decisões tão importantes para concretizar a realização desse sonho, lembrando que a experiência desses profissionais e empresas é fundamental para não transformar esse momento numa grande dor de cabeça.


Boa sorte!



0 visualização
  • Facebook Social Icon
  • Black Instagram Icon
  • Google ícone social Places
  • Pinterest Social Icon
  • Twitter Social Icon

© 2017 Italínea Estilo In Porto Alegre, RS - Brasil